top of page
  • ressoameucanto

DIA #10

Como diria Charlie Brown "hoje eu acordei feliz!". Meu dia intenso de ontem acabou com trabalhinho e casa cheia no restaurante (uhu! adoramos) seguido de bailinho com amigos.

QUE NOITE INCRÍVEL! AHHHHHHHHH

Só energia boa, amigos, muuuuita música, diversão. Pulei tanto que mal conseguia dormir depois de dor nas pernas.


Carnaval é carnaval. Só alegria! Nesses dias quando a energia está lá no infinito das galáxias sempre penso que os perrengues da vida valem à pena.


Já pensei várias vezes sobre quais são esses momentos de sublimação da vida. E esse de ontem foi quase um. Lindo demais. Só não preencheu o quesito MIM "mágica inusitada das massas" (segundo eu, hehe, que é quando toda a multidão se une numa só vibração, como aconteceu no El Pogo, em La Paloma, Uruguai, anos atrás, nas épocas de BBU (anos de carnavais com mais de 40 pessoas nas cabanas do Andresito) e outra vez na Comunidade Osho Rachana, num banho de chuva durante a gincana. E, sempre estou o start desses acontecimentos então talvez seja por isso que se tornam mais especiais na minha vida. Mas ontem foi mesmo top! Muita brasilidade junta dá nisso: alegria sem fim! Que linda essa energia de "viver e não ter a vergonha de ser feliz!". Ontem dancei tanto quanto dancei no meu aniversário, que também foi no Fresh em que várias pessoas vieram me dizer que eu estava bem louca (bêbada). Felizmente, eu não bebo, nem preciso de substancias para me divertir. Minha energia é recarregada com a minha energia. E eu realmente não me importo com o julgamento das pessoas e das suas mentes desprovidas de liberdade. Serei feliz, seja onde estiver.


Cantei alto para o mundo ouvir todo o amor que contem meu coração. Desejei que meu canto atravessasse o oceano para te encontrar num beijo doce, com sabor de mel, geladinho, saboroso, que me faz delirar. Dez de fevereiro, 2 meses do nosso primeiro beijo e de uma paixão fulminante. Saudade louca.


Na volta para casa parei para ver o mar. Estava gigante tocando as escadarias da praia. Agradeci.


E hoje acordei feliz. Com energia de amor, expansão, alegria. Queria conseguir correr entre os mares até teu abraço. Amo tanto que às vezes nem sei a quem é esse amor. Te amo porque me amo ou me amo porque te amo. Ou ainda simplesmente amo porque amo a vida, tudo e a todos.

Sei lá, sei que tanto quanto as lágrimas são a prova irrefutável da verdadeira abundância (pois nunca acabam), assim também são o amor e a energia. Sinto que quanto mais eu amo, mais eu me amo. E se 'somos todos um' ao amar o outro amo a mim mesma, né!? Bonito isso. E se tenho seres a quem amar tanto, tanto na minha vida é porque devo ser um tanto incrível também. A gente atrai o que a gente vibra. E minha vida é pura magia! Estou pequena para tanta emoção. Minha alegria transcende o corpo.


...


E hoje faz exatamente 2 meses que nos conhecemos. 2 meses de amor e ódio. Cara, que felicidade nossos caminhos terem se cruzado nessa vida! Espero que eu tenha tocado a tua vida o tanto que tu tocaste a minha. Mesmo. Sinto-me outra pessoa. Uma pessoa que acredita na vida e na força do amor enquanto paixão louca (saudade looouca!!! - versão 2 :') ). Queria te escrever todos os dias e te contar sobre a vida, sobre como são as coisas aqui, sobre as coisas simples do dia-a-dia, das aventuras pela floresta, da magia do por-do-sol na praia, sobre os lugares e pessoas incríveis que conheci.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DIA #21

Também não escrevi ontem. Estava inspirada, mas cheguei em casa e as meninas estavam pintando e acabamos conversando até tarde. Meu dia foi bom. Nada de muito emocionante, mas consegui me inspirar par

DIA #20

Nossa. Acordei hoje 5:38 e não consegui mais dormir. Quando estava quase cochilando tocou o despertador. Fui para Lisboa cedo encontrar a Deia para falarmos sobre o nosso projeto. Acordei com muita do

DIA #19

Essa noite acordei pelas 3h da manhã e levei umas 2h para dormir de novo. Detesto acordar à noite. Fico mal humorada. Tentei calar a mente, mas ela fica incansável nas madrugadas, não sei de onde tira

bottom of page