top of page
  • ressoameucanto

DIA #24 (25/02)

Atualizado: 27 de fev.

Hoje faz exatamente 1 mês que embarquei de volta para Portugal. E parecem mesmo uns anos de vida tudo o que vivi nesses últimos 4 meses desde a despedida de Portugal, as férias no Brasil e a volta. Agora compreendo um pouco a sensação que tive antes de ir embora, de que o fim de uma era estava se aproximando. Já não sou quem fui, já não sei quem sou. Não sei se ficarei em Portugal. Não sei se voltarei para o Brasil. Não sei se irei para algum outro lugar neste planeta ou galáxia. Só sei que nada sei. Assim permito que a vida me surpreenda e me mostre o caminho a cada dia. E pelo modo como as coisas esão fluindo, sem esforço, sinto que o caminho está se revelando aos poucos, sem pressa.


Hoje, sob a energia da lua cheia, decidi que inicia-se um novo ciclo na minha vida.


Acordei e fui caminhar na praia. Mesmo sendo tarde estava vazia. O mar agitado atrapalha o surf e o clima louco atrapalha os turistas e pedestres. Ninguem no mar, ninguém na areia, poucas pessoas no calçadão. Eu e meus fones cantarolando e dançando por aí. Foi lindo!


Dancei muito. Chorei. Dancei mais. Chorei. Enraizei. Sorri. Cantei. Chorei. Ouvi. Chorei. Olhei. Sorri. Senti. Sorri. Senti. Chorei. Chorei. Compreendi.


Enquanto estava nessa meditação ativa, muito conectada com a música, sol, terra, água e vento, tive um dos insights grandes, daqueles tapas na cara bem dados. Aliás, eles têm vindo em doses cavalares, rápidos e cortantes. Esse cheguei a anotar pois foi tá rápido que pensei que precisava anotálo para não esquecê-lo, pois era importante. Não lembro qual música ou pensamento desencadeou nesse lapso de consciência, mas percebi que eu tenho me apaixonado muito pelo potencial que vejo nas pessoas, sem que elas (ainda) sequer saibam desse potencial. E por isso minha mente cria uma ficção, e a relação inicia em ilusão e termina em frustração. Foi forte, mas o pior tapa na cara foi olhar o espelho. Que potencial eu ainda não sou? E por que ainda não sou?

Olhar o espelho é o melhor exercício de aprendizagem sobre si mesmo que já vi na vida. Quanta sabedoria despejada na nossa frente e ali disponível a cada instante, a cada pensamento, a cada crença, julgamento ou preconceito, a cada situação, ação ou reação. Tenho usado muito essa ferramenta divina. Além da roupa. Pensei agora algo engraçado, mas pareece que estou falando de um editorial de moda. Para o autoconhecimento você só precisa de roupa, espelho, lente e ângulo.


Roupa: para se colocar no lugar do outro.

Espelho: para se ver no outro.

Ângulo: para mudar a perspectiva.

Lente: para entender que toda lente distorce a realidade.


Nossa! que incrível isso. Posso usar para as fotos da Aurora. Eu sei que sou boa em escrever e que a escrita é, para mim, um portal de conexão com a consciência cósmica, mas às vezes me surpreendo com esse dom. Talvez eu esteja aqui para escrever. Pirei. Fiquei meio emocionada com essa ideia e divagando. Faltou o modelo: para endender que somos os únicos protagonistas dessa parada, mas infelizmente nem sempre teremos um fotógrafo nos dirigindo, ou alguém consertando a maquiagem. Então, na verdade, é um editorial de auto-retrato. Cara, isso é bom.


'Mas, pronto' como dizem os tugas. (ai, a tataTuga! saudade). Já estou quase dormindo e ainda nem cheguei no encontro das meninas que foi bem especial e significativo. Foi um convite da Joana, namorada do Lu, na casa dela. Foi bem legal. Sempre bom estar entre mulheres ainda mais quando a maioria é imigrante e se entende num nível dos dramas mais profundos da sobrevivência longe das raízes. Terei que terminar amanhã esse tópico. Estou dormindo.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DIA #13 . 12/03/2024

Hoje pela manhã rolou encontro no sofá. de todas nós, tomamos café juntas e conversamos bastante sobre nossos dilemas da vida atualmente. E deixei a yoga para a tarde. Aproveitei para limpar a casa e

DIA #12 . 11/03/2024

Hoje fiz a prática antes de ir trabalhar. Não estava com muita vontade de ir para o tapete, mas meu comprometimento comigo está bem forte e tenho orgulho disso. Não coloquei intenção. Comecei com medi

DIA #11 . 10/03/2024

Hoje fiz a prática pela manhã, arrumei o quarto e fui para o tapete, pois estava na minha folga. Confesso que a mente estava a mil, querendo fazer várias coisas e sim, esse foi meu desafio. Encontrar

Commenti


bottom of page